Ir Para o conteúdo

É escárnio com a população o que o prefeito Crivella faz

Não há como silenciar diante dos ataques ao sistema democrático feitos pelo prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella, que não hesitou em usar funcionários da prefeitura para intimidar, com agressões físicas e verbais, os jornalistas que trabalhavam em reportagens sobre a situação vexatória dos hospitais públicos da cidade do Rio de Janeiro.

Impedir o trabalho de repórteres é mais do que uma grave ameaça à liberdade de imprensa. É ataque direto a Democracia, em um contexto de fortes regressões que o país já atravessa.

Além desses ataques, em nome do prefeito Marcelo Crivella e remunerados com dinheiro público, esses Guardiões intimidaram os usuários que prestavam depoimentos sobre o atendimento nos hospitais.

É dever do poder público prestar contas à sociedade e garantir que as informações sejam dadas, de forma transparente, sobre o sistema de saúde.

Nosso mandato reafirma o compromisso com a liberdade de expressão. Atitudes como essa prejudicam os cidadãos do Rio de Janeiro, sem falar dos profissionais de saúde que ficaram sem receber salários durante a pandemia do coronavírus. O que fez o prefeito Crivella é um escárnio com todos nós e, tudo leva a crer, um crime.

Deputada Mônica Francisco
Presidente da Comissão de Trabalho Legislação Social e Seguridade Social da Alerj


Outras notícias!